Categoria: Notícias HMSM

1 de Outubro, Dia do Idoso

A população no mundo está ficando cada vez mais velha e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), por volta de 2025, pela primeira vez na história, haverá mais idosos do que crianças no planeta.
O Brasil, que já foi celebrado como o país dos jovens, tem hoje cerca de 13,5 milhões de idosos, que representam 8% de sua população. Em 20 anos, o País será o sexto no mundo com o maior número de pessoas idosas. O dado serve de alerta para que o governo e a sociedade se preparem para essa nova realidade não tão distante.

O avanço da medicina e a melhora na qualidade de vida são as principais razões dessa elevação da expectativa de vida em todo o mundo. Apesar disso, ainda há muita desinformação sobre as particularidades do envelhecimento e o que é pior: muito preconceito e desrespeito em relação às pessoas da terceira idade, principalmente nos países pobres ou em desenvolvimento. No Brasil, são muitos os problemas enfrentados pelos idosos em seu dia-a-dia: a perda de contato com a força de trabalho, a desvalorização de aposentadorias e pensões, a depressão, o abandono da família, a falta de projetos e de atividades de lazer, além do difícil acesso a planos de saúde são os principais.

Cada um de nós devemos desenvolver e cobrar das autoridades ações e gestos que ajudem na implantação de uma cultura de respeito e carinho para este segmento buscando melhorar a qualidade de vida através de políticas sociais.

 

Parlamentares apoiam o HMSM

A ação de destinar verbas através de Emendas Parlamentares é um gesto que motiva cada um de nós que fazemos o HMSM e possibilita a crença na atividade política, despertando também em nós o sentimento de gratidão aos deputados:
Gonzaga Patriota
Jorge Corte Real
André de Paula
Marinaldo Rozendo
Pastor Eurico, que destinaram recursos para compra de equipamentos para a UTI – Unidade de Terapia Intensiva., cujos convênios já estão assinados.
Agradecemos também a deputada Creuza Pereira e ao deputado Fernando Filho, com a destinação de verbas para a manutenção do hospital.
Temos certeza que a população da região comunga deste sentimento, levando-se em conta que os recursos irão melhorar a nossa capacidade de atendimento e, por fim, seguirmos nesta missão de promover a saúde com eficiência e eficácia.

30 Anos sem Dom Campelo

10 de Setembro, não é uma data comum. Neste dia o religioso com visão empreendedora e coração sensível aos problemas do povo, deixou o nosso convívio, este ano  fez exatos 30 anos.

as Irmãs Medianeiras da Paz promoveram uma missa em Ação de Gracas, na capela do hospital, presidida pelo Pe. José Ferreira, que fez uma interessante reflexão sobre a vida e a obra de Dom Campelo e que pela fé devemos viver em comunhão e com sentimento de solidariedade.

Estiveram presentes a Irmã Lúcia Barbosa de Oliveira – Coordenadora Geral do Instituto Social das Medianeiras da Paz com as Irmãs do HMSM, alem de grupos religiosos.

Em orações e louvores que remetem a gratidão a Deus, e,  ao reconhecimento da grande importância do religioso para toda região. Um legado que sobrevive aos tempos, pelas  importantes ações do instituto e a determinação das religiosas pelas causas abraçadas.

Por tudo, seja Deus louvado.

Dom Magnus Henrique pede apoio para a UTI

O dom da vida, a força da fé e a crença na construção coletiva.
Neste fim de semana, recebemos a adesão e manifestação de apoio de Dom Magnus Henrique – Bispo paroquiano que entende a importância desta obra e conclama a todos para fazerem parte desta história.

Na oportunidade o Bispo e vários Padres da paróquia visitaram a obra e o hospital , sairam impressionados com a disposição das Irmãs Medianeiras da Paz e mais ainda com a atual condição do HMSM: limpo, amplo e moderno, oferecendo saúde com dignidade para toda a população.

Colégio CEA apoia campanha

A participação das pessoas, das empresas e organizações reflete o nível de compromisso com as causas sociais.
O Colégio CEA promoveu a Gincana Estudantil com toda renda revertida para as obras da UTI.
O trabalho da educação conciliado com o despertar da consciência das lutas coletivas.
Na oportunidade a Irmã Fátima Lima representou o hospital e agradeceu as diretoras, professoras e aos jovens estudantes que competiram com a certeza que todos estavam ganhando.

Participe você também. Esta é uma causa de todos.

 

Brasília: juros mais baixos para os hospitais filantrópicos.

 Em Brasília o  Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, realiza nos  dias 15 e 16 de agosto, que traz como tema central “A evolução de uma história: novas políticas, gestão e parcerias”, com o objetivo de relembrar nosso papel junto à sociedade, os desafios que enfrentamos, e as escolhas que precisamos fazer hoje para chegarmos ao futuro.
 O presidente Michel Temer assinou na manhã desta quinta-feira(16), no palácio do Planalto, um documento de financiamento com juros mas baixo para as santas casas de misericórdia e hospitais filantrópicos.
A delegação do HMSM composta pela Irmã Maria Luíza – Diretora Administrativa, Irmã Fátima Alencar – Vice-Diretora Administrativa, Dra. Regina Torres Lage – Diretora Clínica e o médico Dr. Alexandre Lage,  neste esforço constante para colocar a organização no centro dos debates a fim de viabilizar cada vez mais seu crescimento, tanto no aspecto da estrutura,  dos serviços de saúde e qualificação dos recursos humanos, para bem cumprir sua missão de atender a todos que dele precise.